Dóceis e confiáveis

Registro histórico em fotografias mostra que pit bulls cuidavam de crianças, nos EUA

Foto: Reprodução

Durante décadas o apelido do pit bull nos Estados Unidos  foi “The Nanny Dog”, ou ‘cão Babá’. Por gerações, se você tinha filhos e queria mantê-los seguros então você iria querer um pit bull, o cão que era tido como o mais confiável de qualquer raça para conviver com crianças ou adultos.

O cão “babá” é agora vilipendiado por uma mídia que sempre quer uma manchete sensacionalista. Antes dos pit bulls foram rottweilers, antes de rottweilers foram dobermans, e antes deles, pastores alemães. Cada raça ao seu tempo foi considerada demasiada cruel e imprevisível para estar próxima de pessoas. Cada vez as pessoas queriam leis para proibi-las. É incrivelmente irônico que se tornou agora o centro das atenções esta raça que já foi considerada nossa “babá” nacional.

Foto: Reprodução

Em testes de temperança a raça mais tolerante foi o golden retriever. O segundo mais tolerante foi o pit bull.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

As mandíbulas do pit bull não travam, e ele não tem a mordida mais forte entre os cães (rottweilers têm essa honra), nem são naturalmente agressivos com humanos ou animais (de fato os filhotes de pit bull preferem a companhia humana à da sua mãe, duas semanas antes do que todos os outros cães ), e eles sentem dor, tanto quanto qualquer outra raça.

A mais tolerante das raças é agora vergonhosamente retratada como a mais perigosa. Seria engraçado se a nova reputação não significasse  6.000 mortes todos os dias, de longe, o maior número de sacrificados entre todas as raças.


Como pode ser percebido nas fotos, do mais rico ao mais pobre e em todos os meios, na América, o pit bull era o cão para crianças.

Chegam notícias de pit bulls espancados, toturados, queimados, abandonados e mortos todos os dias no Brasil. Lamentamos que uma raça seja massacrada dessa forma, onde o único responsável pelo comportamento agressivo é o que menos sofre com as consequências.

É claro que, por mais confiável que seja um animal, independentemente da raça e da espécie, jamais deixe uma criança e um cão juntos sem supervisão. Ambos não têm consciência das suas ações, cabe ao adulto mantê-los seguros e unidos.

Para ver mais fotos, clique aqui.

Mais fotos e informações:

http://www.ywgrossman.com/photoblog/?p=1103

http://www.ywgrossman.com/photoblog/?p=604

http://www.ywgrossman.com/photoblog/?p=780

http://www.ywgrossman.com/photoblog/?p=837

Fonte: OBA Floripa

14 COMENTÁRIOS

  1. GENTE QUE COISA LINDA! ISSO É PRA MOSTRAR QUE AO INVÉS DE EVOLUIRMOS NÓS REGREDIMOS ABSURDAMENTE…ISSO É SÓ UM PEQUENO EXEMPLO DO QUE NÓS SERES HUMANOS FIZEMOS COM A RAÇA…….HJ EM DIA FIZEMOS COM QUE ELES SE TRANSFORMASSEM EM MONSTROS, A SOCIEDADE DETERIOROU A RAÇA DE UMA MANEIRA IRREVERSÍVEL, HJ PODE MOSTRAR FOTO DE PIT BULL COM CRIANÇAS QUE MESMO ASSIM NINGUEM ACREDITA QUE SÃO DÓCEIS E MANSOS.
    É O QUE EU SEMPRE DIGO>>>SÓ QUEM TEM SABE E COMO EU TENHO SEI MUITO BEM O QUE ESTOU DIZENDO, MAS OS OUTROS NÃO ACREDITAM, GRAÇAS A MÍDIA QUE ADORA FAZER SENSACIONALISMO COM OS COITADOS.

  2. O padrão da raça estabelecido pela UKC que vem do século XIX deixa bem claro que o American Pit Bull Terrier é a melhor companhia para crianças. E qualquer pessoa decente que tem um pit e uma crianças em casa já percebeu que eles formam duplas perfeitas para “aprontarem”.

  3. Que coisa mais linda, fotos emocionantes. É lamentável como os Pit Bulls foram marginalizados… são só cães, inocentes como qualquer outro, que ficam a mercê da educação dos humanos. Que podem transformá-los em anjos e também em assassinos, mas a culpa, nunca é deles e mtas vezes são covardemente maltratados, assassinados e culpados, sendo que não tem uma gota de culpa.

  4. Os pit bulls (e mestiços) são lindos e gostosos de ficar apertando e mordendo (de brincadeira) as bochechinhas. Eu teria se meu pai não tivesse deixado ser manipulado pela mídia sensacionalista. O incrível é que ele costuma dizer que quando uma notícia de uma pessoa “agressiva” (assassinos, estupradores etc) sai entre as primeiras capas em jornais e revistas, ou em destaque na televisão, é porque é tão raro que quando acontece “as pessoas querem saber”. Mas não consegue passar isso para uma raça tão meiga como os pits.

    Conheço uma menina que odeia os pit bulls porque já conheceu uma pessoa com o rosto desfigurado por conta de uma mordida. Acidentes acontecem, mas nunca iremos conhecer uma pessoa desfigurada por uma mordida de poodle, pincher, chihuahua, ou outras raças pequenas (sem querer desmerecer nenhuma, por favor). Além do mais, as pessoas que já conheceram “uns” já querem generalizar que todos os cães dessa raça são agressivos, sendo assim, todo médico/veterinário só pensa em ganhar dinheiro, todo dono de loja é ladrão, e todo negro é ruim! Por favor, né? Nunca fui mordida por um cão grande, mas várias vezes ganhei mordidinhas nas mãos e nos pés de cãezinhos ditos mansos (que várias vezes eu vejo atacando os cães maiores, que por sua vez, não fazem nada, GRAÇAS A DEUS)!

  5. Meu namorado tem dois pitt bulls e só tenho elogios…são doces, educados e muito cuidadosos com a gente…perfeitos. Antes de conhece-los eu tbm tinha preconceito com a raça, em razão do q falam na mídia, mas depois q passei a conviver posso garantir q não conheço raça melhor.

  6. A mídia reproduz irresponsávelmente notícias sobre cães pit bull q agrediram, mas nunca mostram em q condições viviam esses animais. Tb nunca procuram criadores, veterinários e pessoas q amam a raça e têm experiência em lidar com ela para testemunhar a favor do cão. Eu tenho um q adotei já adulto. Dócil, inteligente, obediente, faz tudo para agradar. Minha filha de dois anos judia dele. Pra quem quiser conferir, uma foto semelhante às da matéria acima http://twitpic.com/3milk8

  7. Tenho três Pits são maravilhosos,meigos e muito fiéis,amo meus dogs, como foi dito anteriormente os maus donos criam maus dogs,falar que o pitbull é um mau cão é a maior mentira que pode ser dita,tenho prova disso,tenho 3 filhos e nunca sequer rosnaram para ele…..f..k midia sensaionalista.

  8. eu gostava de cachorros e possuí vários vira lata, mas depois q tive o meu primeiro pit bull eu comecei a ver os caes de uma outra forma, além de ser o meu melhor amigo a raça dele pareçe q veio pra mostrar q tudo depende de como vc trata de seu animal, meus outros caes a maioria atacou pessoas antes de 1 ano,como eu ouvia comentários dessa raça eu resolví criar ele com mais carinho comando de vóz firme e sem bater, hoje ele têm 2 anos nunca atacou ninguém e eu confio nele totalmente, mais do q em todos os meus outros amigos com exessao da minha mae. Pit bull pode ser anjos ou demónios, só depende de seus donos

  9. Bem interessante, a mídia só mostra os ataques que pessoas sofrem por alguns pit bulls , duvido que mostrem que existem por ai pit bulls doceis, carinhosos como os cães de outras raças. Como qualquer cão de outra raça estão sujeitos a acessos de raivas difícil pensar assim de um poodle, pincher, chihuahua… tudo depende também da maneira como você cria, se o cão for criado de uma maneira agressiva não é de se estranhar que ele se torne agressivo também, não é a mídia que tem que escolher por nós qual vai ser a raça que vamos da carinho, amor proteção…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui