Cegonha-branca e duas gaivotas são devolvidas ao seu habitat


O RIAS – Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens da Ria Formosa, situado na Quinta de Marim, em Olhão, Portugal, vai devolver esta quinta-feira, 30, à natureza uma cegonha-branca e duas gaivotas-de-patas-amarelas.

O projeto tem como principal função receber e proceder ao tratamento de animais selvagens autóctones feridos ou debilitados e, sempre que possível, devolvê-los ao seu habitat natural, como acontecerá agora com estas três aves.

A cegonha-branca, uma ave juvenil, foi entregue no RIAS por um particular, após ter sido recolhida no centro de Faro, por ter caído do ninho. Sem qualquer lesão à entrada, o seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada, contato com aves da mesma espécie e treinos de voo.

Ambas as gaivotas foram recolhidas e entregues no RIAS pela equipa SEPNA de Portimão, por se encontrarem debilitadas. O processo de recuperação consistiu também em alimentação adequada, contato com aves da mesma espécie e treinos de voo.

A devolução à natureza da cegonha-branca e das duas gaivotas-de-patas-amarelas tem ponto de encontro marcado para a zona do Teatro Municipal de Faro, na próxima quinta feira, às 9h30min.

A libertação, em local adequado a ambas as espécies, será precedida de uma breve palestra de campo sobre o trabalho do RIAS e sobre a biologia e ecologia destas espécies.

Fonte: Diário Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>