São Francisco (EUA) está prestes a proibir a venda de animais domésticos


Por Vanessa Perez  (da Redação)

Milhares de animais estão à espera de adoção.

A comissão e controle do bem-estar animal de São Francisco, nos EUA, pretende proibir a venda de animais, incluindo pequenos animais, como pássaros, hamsters, peixes dourados e peixes tropicais, segundo informou o site About.com. O movimento é uma recomendação que a Câmara da cidade poderá aprovar ou rejeitar.

Um membro da Comissão, Philip Gerrie, disse ao San Francisco Chronicle: “A maioria dos peixes em aquários ou são criados em massa, em condições desumanas, ou retirados de seu habitat, levando à devastação de peixes tropicais de lugares como o Sudeste Asiático”.

Em 2009, South Lake Tahoe, na Califórnia, se tornou a primeira cidade os EUA a proibir a venda de cães e gatos, seguido de West Hollywood em 2010. West Hollywood e South Lake Tahoe aplicam tal proibição apenas a cães e gatos, não incluindo as aves, hamsters ou peixes.

Até agora um supervisor, Sean Elsbernd, acredita que a proibição não vai passar, e a Presidente da Comissão, Sally Stephens, se opõe à proibição, pois inclui pequenos animais.

Não há nenhuma razão para que a proibição da venda seja apenas aos cães e gatos. Todos os argumentos sobre a crueldade em locais de criação e abrigos superpovoados se aplicam também para os pequenos animais e peixes. Além disso, aves e peixes são mais prováveis ​​de serem capturados na natureza, contribuindo com a ameaças às populações selvagens.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>