Mulher oferece café da manhã para 180 maritacas


Todos os dias, uma moradora do interior de São Paulo acorda cedo para preparar o café da manhã. Até aí, nenhuma novidade. Entretanto, o banquete não é para ela e, sim, para cerca de 180 maritacas.

Dona Leovânia Borges afirma que diariamente os pássaros visitam sua casa e só param de fazer barulho depois que ela levanta e lhes oferece sementes de girassol.

Essa rotina começou há 10 anos, após Leovânia prestar socorro a uma maritaca ferida, que caiu em seu quintal.

Para alimentar os pássaros ela gasta R$ 70 em 30 kg de semente de girassol por mês. Apesar disso, afirma que sente prazer em ajudar os animais.

De acordo com o biólogo Gustavo Garcia, os pássaros, que presenciam cada vez mais os avanços das cidades ocupando, encontraram na atitude de Leovânia uma forma fácil de achar alimento.

Assista ao vídeo da reportagem:

Fonte: R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>