Cão agredido por tutor recebe cuidados e aguarda adoção em SC


Cãozinho teve uma orelha amputada (Foto: Reprodução)

O cão Quilombo resume o ponto a que pode chegar a crueldade humana no trato com animais, conforme publicado em primeira mão na ANDA.

Cego de um olho e sem uma orelha, o cachorro foi retirado de seu tutor que responde a processo por maus-tratos movido pelo Ministério Público. “Ele está em uma clínica onde não há mais lugar. O Quilombo precisa de um lar. Ele é um cão muito calmo e acuado devido à violência que sofreu”, conta Sérgio Canarin, voluntário da ONG.

O então tutor de Quilombo agredia o animal das mais diversas formas e, por último, o deixava sem comer com o objetivo, segundo testemunhas, de que “morresse logo”. A denúncia em relação a Quilombo foi recebida por voluntários da ONG no final de abril. Dias depois, o animal foi localizado bastante debilitado com bernes e miíase. Higienizado e medicado em uma clínica, Quilombo precisou ter uma orelha amputada devido ao estado avanço de uma infecção.

Quilombo estava disponível para adoção na feirinha realizada ontem na Praça do Congresso mas ainda não ganhou um novo lar. Mais informações em www.sosviralata.org.br.

Fonte: Engeplus


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DOÇURA

EXTINÇÃO

SONHO REALIZADO

CARIBE

POLÍTICA AMBIENTAL

SÃO PAULO

AÇÃO HUMANA

TRAGÉDIA

MASSACRE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>