Parlamento Europeu aprova regra que obriga fabricantes a informar a presença de pele de animais


O Parlamento Europeu aprovou ontem (11) novas regras de etiquetagem de produtos têxteis que irão passar a indicar a presença de materiais derivados de animais para alertar os consumidores.

O novo regulamento, que tem ainda de receber a aprovação dos Estados-membros da União Europeia, também incentiva a inovação no setor dos têxteis e do vestuário e permitir que os consumidores beneficiem de produtos inovadores e éticos.

Os fabricantes tingem e aparam frequentemente a pele verdadeira, o que faz com que seja menos óbvio para um olhar não treinado detetar que se trata de pele verdadeira.

Com informações do Diário Digital


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>