Pitbull é morto a pauladas e outros cães são ameaçados em favela em SP


Lincoln
lincolncachorroderua@gmail.com

No mês passado mataram a pauladas um lindo pitbull que apareceu na favela. Uma senhora, catadora de reciclável, moradora da favela, que possui vários cachorros em estado deplorável, foi dar comida para os cães e esse pit acabou atacando um outro cachorro.

“Eles saíram de todos os cantos escuros daquele inferno, com os paus nas mãos, os nóias e os marginais atacaram o pobre pit, as pauladas quebravam os ossos, as pernas, a coluna e o crânio do cachorro. Desespero, sem clemência e sem compaixão, o pitbull perdia as forças, o sangue escorria por todo o corpo e lavava a rua de sangue. Sem mais o que esperar, subjulgado pela força da espécie destruidora, o pit perde a consciencia e morre em meio ao desespero e a dor.Gritos de selvageria e gestos obcenos faziam os monstros, como símbolo de sua força vil e destruidora, sem temerem a Deus e nem aos homens de bem, a delegacia fica ao lado da favela, os assassinos do pobre pitbull arrastaram o seu corpo pelas vielas e ruas da favela exibindo-o como troféu de caça.”

Ano passado outro pitbull foi morto da mesma forma. Dia 28 de abril, dois outros pitbulls estão vivendo pelas ruas ao redor da favela. Sabe o que acontecerá com eles? Olhem as fotos da pobre pitbull tigrada, ou do que sobrou da pobre criatura de Deus, que fora abandonada e amarrada na favela, levada por um nóia, castrada pela protetora, mas morreu em pele e osso, faminta e sem ajuda.

Seu corpo está jogado naquele rio, sim o “Rio das Lágrimas”, onde filhotes de gatinhos e cachorrinhos são abandonados e afogados. Uma pobre rotweiller estava jogada em meio ao lixo e a sujeira, sabe Deus o que aconteceu com a pobre criatura. Também tem um criador de avestruzes, um pônei, um cavalo e uma vaca. Eles mandam ali, os animais são as vítimas. Cadê a justiça de Deus, pois a do homem foi perdida há muito tempo.

Contato: Cleonice (11) 2962-2510/ 6369-5564 ou Lincoln – lincolncachorroderua@gmail.com


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>