Protetoras pedem ajuda para cães que vivem em casa imunda em SP


Carmela Ribeiro do Nascimento
carmelatche@hotmail.com

Hoje foi um dos dias mais tristes da minha vida. Moro em Moema, na Av. Iraí, em SP, há alguns anos, e jamais pensei ver uma cena desoladora como a que vi neste domingo, na casa de uma vizinha ao realizar um mutirao de limpeza para ajudar a tirar entulho e diminuir o cheiro ruim que sempre exalou desta casa.

O que vimos foi o horror, o horror. Matamos mais de 50 ratos somente na garagem, uma caçamba lotada somente desta área e a impossibilidade de fazer algo dentro da casa, tamanha era a sujeira, a quantidade de animais sarnentos, famintos, com diarréia, sem luz, sem ar, sem nada. Mãe e filha que moram no local tem problemas, certamente. Vivem no lixo, na imundície. Me ajudem!

Preciso de ajuda de veterinários, desconto em medicações, vacinas, hospedagem. Alguns provavelmente sejam sacrificados, pelo menos daremos um fim digno. Peço encarecidamente a todos os que receberem este e-mail que entrem em contato comigo ou com a Susana, que também esta buscando ajuda. Qualquer ajuda será fundamental, há muito o que fazer!

Contato: Carmela (11) 9126-9949 / Susana 78374413


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>