Moradores protestam contra morte de gata que teria sido atingida por um arpão em Joinville


Segundo os vizinhos, um rapaz, que mora na casa ao lado, teria usado um arpão de pesca e atirado contra a gata Lua
Cerca de 20 pessoas se reuniram em frente a uma residência, na rua Fernando Machado, bairro América, para protestar. Foto:Jessé Giotti

No início da noite desta quarta-feira, cerca de 20 pessoas se reuniram em frente a uma residência, na rua Fernando Machado, bairro América, para protestar. O motivo foi a morte de Lua, a gata da professora Eliane Ramin.

Segundo os vizinhos, um rapaz, que mora na casa ao lado, teria usado um arpão de pesca e atirado contra a gata. Eliane registrou um boletim de ocorrência e reuniu amigos e entidades para protestar contra a violência sofrida pelos animais. A professora disse que voltava do trabalho quando foi informada por uma vizinha que tinham levado a gata.

“Foi o pai da minha filha quem ouviu o barulho. Ele viu o rapaz no nosso terreno pegando a gata. Depois disso, pulou o muro e saiu”.

Eliane disse que quando chegaram na casa do rapaz, viram ele colocar o gato dentro do carro. Foi então que ela soube, através dos vizinhos, que este rapaz teria usado um arpão de pesca e que o instrumento teria atravessado o corpo da gata.

Eliane garantiu que, por ser castrada, a gata ficava a maior parte do tempo dentro de casa e era solta apenas duas vezes por dia para tomar sol, mas que nunca saiu do terreno. O rapaz estava em casa com a família, mas ninguém apareceu para se manifestar.

Fonte: DC


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>