Filhote de onça é atropelado a um quilômetro de área urbana em Cáceres (MT)


Os animais sofrem as consequências da invasão humana (Foto: Daniel Alcântara/Noticias de Expressão)

O filhote de uma onça pintada foi atropelado, nas proximidades do portal Temático de Cáceres, no Oeste do MT, a pouco mais de um quilômetro do perímetro urbano da cidade. O atropelamento aconteceu, possivelmente, à noite. O felino foi encontrado na pista da BR-070, entre Cuiabá e Cáceres, por moradores do assentamento do Facão. A menos de 50 metros do local havia também uma raposa morta na pista. A notícia deixou a população preocupada.

Ambientalistas afirmam que, nos últimos tempos tem sido  grande o fluxo de animais que sofrem atropelamentos em rodovias, em razão dos desmatamentos e queimadas. A presença de onças na beira dos rios e estradas da região – que formam o complexo do Pantanal – tem sido uma constante. Na região já ocorreram aparições de onças – o que deixa os moradores preocupados, já que Cáceres tem na periferia baixa densidade populacional.

Segundo levantamento feito pela ONG Conservation International(CI) , 17% da cobertura vegetal original do Pantanal já foram destruídas, principalmente para a abertura de áreas de pastagem e cultivo. O impacto imediato dessa situação é a degradação do solo, o comprometimento dos processos hidrológicos que determinam os ciclos de cheia e seca, em grande parte responsáveis por toda a riqueza biológica da região, e a perda de biodiversidade, pois recursos como abrigo, alimento e locais de reprodução oferecidos pelas florestas e demais tipos de vegetação às espécies animais não estarão mais disponíveis.

Devido ao aumento de atropelamentos a animais silvestres, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está colocando placas indicativas, nas margens das rodovias, alertando para o perigo.

Com informações do 24 Horas News


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>