Onze tigres e pumas usados como atração turística são resgatados em Cancún


Por Danielle Bohnen (da Redação)

As autoridades ambientais do México, no dia 21 de abril, resgataram onze felinos, nove tigres-de-bengala e dois pumas que viviam em jaulas estreitas em estabelecimentos de um empresário de Cancún, no México, usados para atrativo turístico.

Foto: NTX

A equipe da Procuradoria Federal de Proteção Ambiental, com o apoio do Ministério Público Federal chegou à zona hoteleira de Cancún, ao restaurante “Pepe`s Tiger”, onde resgataram cinco felinos, que viviam presos há vários anos.

As autoridades informaram que no mesmo dia outra operação encontrou seis animais em um prédio na avenida Cancún.

Durante a operação participaram 50 agentes federais e especialistas em manejo de animais selvagens, responsáveis por sedar e transportar os animais, cuja idade ainda não se sabe.

De acordo com o jornal El Informador, os animais serão encaminhados para reservas na cidade do México e Puebla.

A operação foi posta em prática depois de inúmeras denúncias apresentadas por grupos ambientalistas contra o empresário José Juarez devido às más condições que mantinha os animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>