Japoneses invadem área evacuada perto de Fukushima para resgatar cães


Cães resgatados na cidade de Minami Soma, próxima a Fukushima, Japão (Foto: AP)

Dezenas de voluntários japoneses ignoraram as recomendações das autoridades japonesas para salvar 20 cães abandonados em uma área próxima à usina nuclear de Fukushima, evacuada devido ao risco de contaminação radioativa.

O resgate, que aconteceu no último final de semana, foi organizado por voluntários via e-mail depois que o jornal Asahi Shimbun publicou uma foto que mostrava cães perdidos na cidade costeira de Minami Soma, em uma área próxima à usina. “Meu coração tremeu. Eles se pareciam com o meu cão. Comecei a procurá-los na hora”, disse à Associated Press Etsumi Ogino, 56, que é voluntária em um abrigo de animais na província de Chiba.

No domingo, sete voluntários chegaram à “cidade fantasma” de Minami Soma, alguns com vestes antirradioativas, outros apenas com capas de vinil para se proteger dos riscos da radioatividade. Os primeiros cães encontrados estavam em uma estação de trem de Odaka. “Eles estavam esperando pelo tutor”, disse Tamiko Nakamura, uma das voluntárias, à AP.

No total, 20 cachorros foram resgatados, alguns foram levados a uma clínica veterinária em Kanagawa e outros estão sendo cuidados por voluntários em outras áreas. Uma das tutoras, cuja identidade não foi revelada, ficou “extremamente feliz”, segundo Nakamura, que lamenta por não ter conseguido salvar outros animais que fugiram.

Fonte: Veja


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>