Você pode evitar piometra em sua cadela ou gata


Útero com piometra sendo removido cirurgicamente. Foto: sem crédito

A piometra é uma infecção por bactéria, que ocorre dentro do útero de cadelas e gatas. A foto acima (obtida da internet) é de um útero de cadela, retirado em cirurgia, com piometra. O útero fica enorme assim, por causa do pus que está dentro dele. Piometra quer dizer, “pus no útero”. O animal sofre muita dor.

Há várias causas para a ocorrência da doença: tendência genética, administração de estrógeno para evitar gravidez em cadelas, administração de progesterona em gatas, etc. E, o tratamento é um só: cirurgia de castração – isto é, a remoção do útero e ovários.

Segundo o site webanimal, há dois tipos de piometra:

Piometra de cérvix aberta: ocorre corrimento vaginal através da cérvix, que pode ser sanguinolento a muco purulento (mal cheiroso e com cor de pus), e em geral é observado de 4 a 8 semanas após o término do estro (“cio”).

Piometra de cérvix fechada: sem presença corrimento vaginal. Forma mais grave da doença, pois algumas fêmeas afetadas ficam doentes antes dos tutores perceberem que existe um problema. Por não haver drenagem do conteúdo uterino, pode haver rompimento, com extravasamento do conteúdo para dentro do abdômen, levando a um quadro de peritonite, com risco de morte.

Além do corrimento vaginal, os sinais clínicos clássicos de piometra são perda de apetite de parcial a completa, febre, letargia, perda de peso, aumento do volume abdominal, vômito, diarreia, aumento no consumo de água e quantidade de urina.

E, todo esse sofrimento pode ser evitado, com a castração do animal, cirurgia eletiva, principalmente, na fêmea jovem. Isto é: o tutor escolhe fazer. É interessante a castração antes do primeiro cio, pois o útero não será exposto à ação hormonal.

É muito importante conscientizar que a castração “salva” não só da piometra, mas do câncer de útero, de ovários e de mamas. Não exponha seu animal a essas doenças! CASTRE!

Procure um médico veterinário, converse com ele – se for o caso, parcele o valor da cirurgia.

Só depende de você!


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>