Envenenamento de cães e gatos revolta população de Inhapi (AL)


Moradores cobram providências

Desde o início de abril, moradores do Povoado Promissão em Inhapi (AL) estão revoltados com a morte de cães e gatos que são encontrados todos os dias, ao amanhecer, jogados por várias ruas e quintais residenciais. De acordo com a população pelo menos 100 animais já foram mortos.

Algumas pessoas acreditam que a matança seja realizada por alguém que durante a noite coloca pedaços de carnes envenenados para os animais que morrem depois de ingerí-los. Segundo informações colhidas no local, até urubus morreram depois de se alimentarem.

O fato está deixando muita gente revoltada. Um morador, que preferiu não se identificar, afirmou que tinha um gato da raça siamês e ele morreu depois de comer um pedaço de carne envenenado que foi jogado no seu quintal na última sexta feira (8).

“A pessoa que está fazendo isso é uma criminosa”, disse.

Os moradores cobram da Vigilância Sanitária do município a apuração do caso.

Fonte: Primeira Edição


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>