Plano cruel

Medida propõe matança de cães que “latem demais” em cidade australiana

Por Camila Arvoredo  (da Redação)

Créditos foto: Adan Garcia/CC

Cães barulhentos devem repensar seu comportamento ou podem enfrentar a pena de morte – ao menos esta é a proposta que está sendo considerada por uma cidade na Austrália. O conselho da cidade de Adelaide está discutindo um plano que pretende prender e assassinar cães, caso seus tutores não consigam tomar providências para as queixas de poluição sonora, relacionadas aos cães sob sua tutela. Apoiadores dos direitos animais e associações de moradores estão enfurecidos pela proposta, classificando a medida como descabida.

De acordo com uma reportagem do jornal australiano local “Adelaide Now”, alguns participantes do conselho da cidade acham que as medidas atuais contra os latidos caninos não são severas o suficiente. Atualmente, os oficiais do controle de zoonoses só podem multar e mandar mandatos de segurança para os tutores que não querem ou são incapazes de silenciar os animais sob tutela. Aliás, os oficiais só podem apreender o animal quando ele é considerado perigoso – uma limitação anulada pela proposta recente.

Entre as mudanças consideradas está o aumento das multas para tutores ofensivos e uma licença para que os agentes possam levar os cães barulhentos, caso seus tutores não estejam em casa. Uma vez no abrigo, os animais serão mortos, caso não sejam retirados num período determinado.

Muitos residentes, como Kevin Kaeding, da associação de moradores de Ratepayers, diz que a proposta injustamente visa os tutores que por alguma razão não conseguem fazer seus cães pararem de latir ou que estão indisponíveis para chamar a atenção do animal, quando necessário.

“Algumas dessas ideias saem dos limites e existem muitas pessoas vulneráveis, como os idosos e aqueles que possuem baixa renda, que irão perder seus amados companheiros”, diz Kaeding. “O conselho só está tentando facilitar a morte desses animais”.

Em resposta ao jornal, amantes dos animais e tutores opinaram em massa, sugerindo que as vidas dos cachorros estão sendo desvalorizadas pela proposição – e apontando que as pessoas que geralmente tutelam animais, geralmente deixam os cachorros latirem como sinal de alerta de invasores. Amantes do silêncio, por outro lado, comentaram que algo deve ser feito com relação aos tutores, para que eles se responsabilizem pelo comportamento dos animais, mesmo que eles não sejam agressivos por natureza.

“Para todos os comentadores que tornam a expressão ‘cachorros latem e é o que eles fazem’ um sinônimo de vida, saibam que eles latem sim e que eles podem deixar alguém louco quando não há um limite”, escreveu um comentador. “Mantenha-os calados, mantenha-os dentro de casa ou qualquer outra coisa, mas não os deixe estragar a vida de alguém que quer viver em paz e em quietude”.

Como todo mundo que já tentou dormir com o som de um cachorro latindo, todos sabem que não e fácil dormir com tanto barulho, mas mesmo que o uso da violência apareça na cabeça de alguns, na manhã de uma noite mal dormida, é pouco provável que uma lei como essa possa ser sancionada.

Se você morar próximo de cachorros barulhentos, existem inúmeras soluções para ajudá-lo a resolver o problema. Especialistas sugerem que a melhor solução é conversar com o tutor do animal para discutir o problema e providenciar recursos para educadores de animais na região. Caso isso não seja suficiente, pode-se aprender o nome do cachorro e mandá-lo se silenciar, agradecendo-o quando ele obedece. Além disso, existem apitos silenciadores que também podem ser citados dentre as possíveis soluções.

13 COMENTÁRIOS

  1. Também deviam matar aqueles que ficam até altas horas na rua conversando, com o rádio do carro ligado alto, tirando o sono daqueles que querem dormir… deveriam matar aqueles que ficam no transito buzinando feito loucos… deviam matar aqueles que, como a Suzana ja comentou, falam demais… e que tal matar aquelas bebezinhos que choram a noite toda????? Afinal se os pais dessas crianças não conseguem calar o choro do nenê assim como aqueles tutores que não conseguem calar o latido do seu cão, essas crianças também merecem uma sentença de morte!!! Esse nenês tiram o sono de muita gente!!! Puxa! se seguirmos esse raciocínio, muita gente vai morrer!!! que tal matar todo mundo que fica dentro daqueles carros de comício político que ficam passando pela rua com aquele som alto??? E os passarinhos? Tem uns que adoram ficar piando, piando, piando até tarde! Ou muito cedo! UAU! Já pensou? Não vai sobrar ninguém nesse mundo! rsrsrsrsr

  2. Era só o que faltava, pensar em novas medidas ninguém quer, só sabem ir pelo caminho mais rápido e fácil pra eles, quem está tentando aplicar essa medida não está nem aí pra nenhum animal, apenas pro próprio bem-estar e sossego.

  3. Esse povo há de ficar surdo! Não deveriam ouvir nada nunca mais, pois o som mais lindo é o que vem dos animais! Quem não gosta, deve ficar surdo mesmo!

  4. LATIDOS de Cães têm sido alvo das soluções mais violentas.
    CIRURGIAS para deixá-los sem cordas vocais já existem e são praticadas por muitos “donos” e veterinários sem ética.
    A SOLUÇÃO que consiste em matar não é nova.
    AQUI mesmo em São Paulo, já tive notícia de gente que atirou em Cachorros por que estavam “latindo demais”.
    QUANDO a gente sabe que cães pode ser educados, taí, por exemplo, o Dr. Pet que confirma cabalmente esta tese.
    É QUE as pessoas que não têm educação, também não conseguem educar os animais.
    VÁRIOS comentários mostraram o absurdo da solução apresentada, sugerindo a matança de gente e isto é muito pertinente, só por meio desta analogia se consegue entender quão violenta é esta solução.
    MAS a idéia da pessoa que assina SIL foi mesmo muitíssimo interessante!
    PORQUE os incomodados não pedem a seus médicos uma cirurgia para retirada de suas audições?
    OS CACHORROS continuariam latindo, para as pessoas que gostam de ouvir, já os incomodados, que não gosta, ficariam, de gorgeta, livres das vozes humanas, que certamente eles detestam também.

  5. sou apaixonado por animais e gostaria de receber himail sobre doenças caninas p/ entender melhor sobre eles pois tenho dez em meu sitio e não e p/bens financeiro e somente por prazer de criar e por gostar muito de animal : obrigado

  6. A medida é incabível e sem noção. Mas que os donos devem educar os cães devem, e ate serem punidos caso nao o façam. Teve um que comentou aqui q o latido dos caes sao lindos e tal. Eu acho um som bastante estridente e incomodativo…na verdade qualquer som constante e volumoso torna-se irritante. Não devemos nos basear em nossos gostos subjetivos pra definir isso. Estamos falando de saúde pública e poluição sonora! Ninguém é obrigado a ter sua tarde de estudos interrompida só pq os cachorros cismaram de latir numa sinfonia horrorosa de barulho desafinado! Além do mais vivemos sob uma democracia, então se o povo se sentir incomodado, deverão exercer seu direito e pleitear medidas cidadãs respeitando o direito de vida dos animais e assegurando a voz dos donos, vizinhos etc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui