Filme “Água Para Elefantes” explora animais durante a produção


Imagem: IDA

Por Lobo Pasolini (da Redação em Londres)

O filme, centrado na história de um circo, explorou animais de verdade durante a produção.

A ONG IDA (In Defense of Animals), baseada em São Francisco na Califórnia, estará organizando piquetes do lado de fora de cinemas onde Água Para Elefantes será exibido a partir de 22 de abril. O filme ainda não tem data prevista para o Brasil, mas provavelmente será lançado por aqui também devido à presença de Witherspoon e Robert Pattinson, a sensação teen do momento.

Água Para Elefantes é baseado em um romance homônimo e é ambientado durante o período da Depressão. A história mostra as brutalidades que sofriam humanos e não humanos. “Como um romance histórico, muita gente vai pensar como as coisas eram tristes e como elas devem ser melhores para os animais hoje. Mas a verdade é que os elefantes e outros animais em circos são forçados a levar vidas não naturais e solitárias, sujeitos a treinamentos violentos e acorrentamentos para apresentarem truques para o público”, diz a IDA na sua página de campanha.

A indústria dos circos se beneficiará do glamour cinematográfico que o lançamento deste filme inevitavelmente irá trazer. Para tal, como parte do marketing foi colocada em ação uma iniciativa para levantar fundos para o a International Elephant Foundation, que na verdade é operada pelas indústrias dos circos e zoológicos.

Nota da Redação: A ANDA reforça a campanha da IDA no país e pede a seus leitores que boicotem este filme e convidem seus amigos e parentes a fazer o mesmo. As redes sociais podem ser utilizadas para fazer deste lançamento o fracasso que ele merece ser para que os produtores aprendam que explorar animais em nome do lucro e da diversão não tem lugar em um mundo civilizado e compassivo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL

INESPERADO

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>