Cerca de 40 cães vivem em campus de universidade de Ponta Grossa (PR)


Andresa Jacobs
www.grupofauna.org

De 25 a 40 cachorros vivem soltos no campus da UEPG em Uvaranas, no PR. Mas esse não é um problema localizado. Os animais de rua estão por toda a cidade. De quem é a responsabilidade?

Achei muito sensata a postura do atual prefeito do Campus UEPG Uvaranas.
Ponto para ele pelo respeito aos animais e por saber que o problema é muito
maior. Soube que ele se preocupa com os bichos de lá, diferente de anos
anteriores, onde tivemos que intervir seriamente devido aos  envenenamentos em massa.

De nada adianta proibir a alimentação dos inocentes se não há política
pública efetiva de controle e cuidados dos animais. O papel do Fauna é
representar os animais nessa questão, garantir seus direitos, em primeiro
lugar o direito à vida e à saúde. Se não há onde por esses animais (todos
provém das vilas de entorno do Campus) que tenham vida digna, sejam
castrados, como tem ocorrido, tratados e alimentados até o fim de suas
vidas.

Enquanto a prefeitura não se mexer e cumprir suas obrigações pautadas em lei municipal 9019/2007, os animais continuarão nas ruas, sendo convertidos de vítimas a vilões.

Se nada acontece como política pública efetiva e permanente (ou muito
pouco), as pessoas criminosas podem retomar os envenenamentos e manter o abandono. Este é o perigo constante em toda a cidade.

Assista à reportagem.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FEBRE AMARELA

REVERSÃO

FINAL FELIZ

RÚSSIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>