Projeto incentiva guarda responsável de animais que vivem nas ruas de Jacareí (SP)


Programa oficializa hábito de os moradores cuidarem dos animais de rua e traz mais segurança à população; os “cães comunitários” são castrados, vacinados, ganham microchips subcutâneos e placas de identificação.

Projeto Cão Comunitário (Foto: Valter Pereira/PMJ)

Diego e Tati, dois cachorros que moram no bairro Nova Aliança, em Jacareí, foram os primeiros animais da cidade localizada a 80 km de São Paulo a se tornarem oficialmente “cães comunitários”. Ao ganharem essa denominação, os animais recebem microchips subcutâneos e coleiras com placas de identificação em que consta o telefone da Diretoria de Vigilância à Saúde. Eles ainda são castrados e vacinados, garantindo maior segurança à vizinhança e aos moradores de rua.

De acordo com a agente de Controle de Zoonoses de Jacareí, Suely Akeni da Silva, o objetivo do programa é incentivar a guarda responsável dos animais e padronizar algo muito comum em todos os bairros, que é os moradores cuidarem de animais que vivem na rua.

“Ao oficializar essa prática, as pessoas se sentem realmente responsáveis por esses animais, dos quais já estão acostumados a cuidar. De uma maneira indireta, esses cuidadores acabam conscientizando os demais moradores do bairro”, afirmou.

O projeto está previsto na lei estadual nº 12.916/2008 e começou a ser desenvolvido na cidade em janeiro deste ano. Os interessados em obter mais informações podem entrar em contato com o Departamento de Controle de Zoonoses pelo telefone (12) 3955-9623.

Fonte: Bagarai


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>