Extermínio de porcos é solução para secretário de Niterói (RJ)


É comum ver porcos circulando pelas ruas de Niterói durante a noite, principalmente no centro da cidade, onde uma grande quantidade de lixo fica espalhada. A situação inusitada incomoda os moradores que cobram uma resolução das autoridades.

Quando questionado durante entrevista a rádio CBN em relação às reclamações feitas sobre os animais, o secretário de Segurança e Controle Urbano de Niterói Wolney Trindade afirmou que tinha a solução: matar e incinerar os porcos. Ele ainda lamentou não estar à frente da Vigilância Sanitária para resolver logo a situação e criticou os funcionários que temem processo caso matem, prendam e incinerem os animais.

Não satisfeito com as insanidades ditas até então, o político ainda defendeu que os porcos sejam presos até os “tutores” aparecerem, e quando isso acontecer, eles só poderão retirar os animais se pagarem pela estadia, assim como é feito com carros apreendidos.

Seria muito mais prático e racional cuidar primeiro da limpeza urbana da cidade para que os animais não sejam atraídos pelo lixo e investir na conscientização dos tutores dos porcos (normalmente moradores de comunidades carentes próximas ao centro), mas para esse político que não tem o mínimo amor e respeito pelos animais, a solução óbvia e prática é confinar e matar os pobres animais e ainda tirar dinheiro dos cidadãos que cuidam deles.

Fiquei revoltada ao ouvir essa entrevista. Cidadãos de Niterói vamos ficar em alerta!


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>