Polícia apreende 44 aves que eram mantidas em cativeiro


A Polícia Ambiental – Força Verde, apreendeu, nesta segunda-feira (14), 44 aves silvestres mantidas em cativeiro sem autorização do Ibama. A situação foi flagrada após uma denúncia anônima e duas pessoas foram multadas em um valor total de R$ 22 mil.

Em Maringá (PR), em uma residência no Jardim Nei Braga, foram encontrados 35 pássaros, e no Conjunto Bom Pastor, em Sarandi, outros nove.

Segundo o soldado Robson Pereira de Moraes, da Polícia Ambiental, as aves pertencem a espécies capturadas nas matas da região, como o pássaro preto, trinca-ferro, sanhaço, canário-da-terra, papa-capim, entre outros.

“Os dois acusados nos disseram que não revendiam os animais, apenas os mantinham em cativeiro como hobby. Eles as capturavam utilizando gaiolas e alçapões”, conta.

As aves foram analisadas por um biólogo. As que estavam em boas condições de saúde foram soltas na mata novamente, enquanto as que estavam machucadas foram encaminhadas para centros de recuperação autorizados pelo Ibama.

Os dois homens foram multados em R$ 500 por ave – totalizando R$ 22 mil. Eles também responderão inquérito por manter animal silvestre em cativeiro.

Fonte: O Diário


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR CANINO

FAKE NEWS

GANÂNCIA

SEQUESTRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>