Biólogo identifica 106 espécies de pássaros na região central de Piracicaba (SP)


O biólogo Eduardo Roberto Alexandrino encontrou 106 espécies de pássaros na região central de Piracicaba enquanto elaborava sua tese de mestrado no Programa de Pós-graduação em Ecologia Aplicada da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz).

Foram encontradas desde espécies mais comuns no ambiente urbano, como pombos, pardais, bem-te-vis, e sanhaços, até espécies mais sensíveis à urbanização, como arapaçu-do-cerrado, choca-da-mata, e espécies migratórias, como o falcão-peregrino.

O objetivo principal do biólogo, no início da pesquisa, não era quantificar ou identificar os pássaros, mas sim testar a eficiência de um método de levantamento de espécies em área urbana.

Foram instalados 90 pontos de observação nos bairros São Judas, São Dimas, Clube de Campo, Cidade Jardim, Centro, Cidade Alta e Parque Rua do Porto, Higenópolis, Vila Rezende, Nova Piracicaba, Nho-Quim, Monumento, Paulista, Paulicéia e Castelinho.

Vários estudos ambientais utilizam a comunidade de aves existente em um determinado local como ferramenta para diagnóstico.

Por meio da incidência das aves é possível reconhecer distúrbios ambientais como desequilíbrios populacionais, além de identificar pontos positivos como a existência de espécies dispersoras de frutos e sementes, espécies polinizadoras, a biodiversidade existente, entre outros.

Os pontos com maior número de espécie foram a Rua do Porto e a mata atrás do Engenho Central. A região com menos espécies foi o Castelinho, um bairro alto, mais urbanizado e menos arborizado.

Fonte: Jornal de Piracicaba


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>