Obesidade: 40% dos cães em Portugal estão com sobrepeso


Foto: sem crédito

Os animais domésticos estão ficando obesos e acompanhando a tendência dos tutores. De acordo com um estudo da Associação americana para a Prevenção da Obesidade nos Animais, entre 2007 e 2009, o número de cães obesos aumentou 2%, enquanto o número de gatos com peso a mais, cresceu 5%. Uma tendência que também se verifica em Portugal.

Embora em Portugal não existam dados sobre a percentagem de animais obesos, estima-se que cerca de 40% dos cães e 30% dos gatos observados por médicos veterinários apresentam excesso de peso ou são obesos. A incidência da obesidade aumenta com a idade (entre os 5 e os 12 anos) e é mais frequente em animais esterilizados.

De acordo com a Associação para a Prevenção da Obesidade nos Animais, “a alimentação industrializada é preparada para responder às necessidades nutricionais do animal de forma a contribuir para a sua saúde e longevidade. Por isso, é um erro quando exageram nos petiscos e lhes dão da nossa comida.”

“Cada animal tem necessidades alimentares específicas, que diferem entre raças e idade, e que devem ser saciadas através de opções nutricionais mais saudáveis e que se adequam ao perfil, raça e idade do animal, como é o caso da alimentação industrial”, continua o estudo.

Fonte: Ionline


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>