A mobilização faz a diferença


Por Ana Cardilho
em colaboração para a ANDA

Hoje eu vou comemorar! Vou tomar uma tigela de água bem fresquinha dando vivas à ANDA! Iupi, urra! Vou dar piruetas pela sala e afiar um pouco mais as minhas unhas naquele braço de sofá, que eu adoro, né? É que estou feliz! Hoje me sinto mais protegido e posso ronronar em paz.

A ANDA conseguiu, fez que fez com que o blog que incentivava a violência contra os gatos saísse do ar e que o blogueiro se retratasse. Bem feito! Que falta de bom senso fazer uma coisa dessas! Tantos assuntos interessantes por aí e um cidadão, pra não dizer um cabeça vazia, perde tempo e fosfato pensando em como fazer apologia ao crime de crueldade contra animais.

O que ele esperava? A idade média passou faz um bocado de tempo e hoje há leis definidas e pessoas engajadas nessa luta. E por aqui ninguém dorme no ponto, não. Postou tolices? Pessoas de bom coração acabam achando e as denúncias são feitas, as campanhas começam e pimba! Deletamos o sujeito do ar. Porque ideias assim têm de ser combatidas no berço. Ninguém pode aceitar esse tipo de comportamento. Não é piada, não é engraçado, e causa mal-estar em quem lê, além de ser um canal de incentivo aos criminosos que cometem violências contra animais.

E mais tarde, quando anoitecer, vou bater patinhas pelos quintais da vizinhança. Eu e meus amigos felinos faremos uma cantoria afinada em homenagem à ANDA que está alerta e não deixa esse tipo de comportamento nocivo se perpetuar.

Eu sei que tirar o blog desse infeliz do ar é uma vitória apenas… mas isso mostra que as pessoas de boa vontade não aceitam em silêncio o que está errado. E a história do mundo está cheia de exemplos de tiranias e maldades que conseguiram espaço porque muita gente, com medo, silenciou. Mas os tempos mudaram e hoje temos voz na voz da ANDA, que não para de crescer, de se fortalecer e não só fala, mas grita, em bom tom, pelo direito que nós, animais de todas as espécies, temos à VIDA!

Ana Cardilho é escritora e jornalista. Com um olho na realidade e outro na prosa imaginária conta com mais de 20 anos de experiência em rádio e TV, tendo feito reportagens, edição e fechamento de telejornais e programas, e é ficcionista.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>