Walcyr Carrasco anuncia utilização de animais em mais uma novela da Rede Globo


"Xico", de Caras & Bocas

Por Lobo Pasolini (da Redação)

A Rede Globo tem na suas mãos uma fantástica plataforma de educação que são as novelas. De vez em quando ela acerta. Mas em relação aos animais, ainda há muito o que fazer.

E a primeira providência seria parar de incluir animais em novelas.

Usar animais em entretenimento, mesmo que a presença dele ou dela seja acompanhada de uma mensagem ‘positiva’, não é de interesse do sujeito em questão. Primeiro, ele/ela não tem escolha no assunto. Segundo, como novelas trabalham com caricaturas, elas tendem a representar os animais de uma forma estereotipada e distorcida.

Um dos autores da Globo que tem o hábito de inserir personagens não humanas em suas novelas é Walcyr Carrasco. Sua última tacada, e que lhe rendeu muita audiência, foi uma chimpanzé na novela Caras & Bocas, que fazia o papel de um chimpanzé chamado Xico. O autor até inseriu um discurso espírita no último capítulo, dizendo que os animais têm almas e durante a trama o dono de um circo com animais foi apresentado como vilão. Mas, do ponto de vista dos direitos animais, o saldo foi, na melhor das hipóteses, zero.

A novela passou a ideia de que é possível que um chimpanzé possa ser feliz dentro de uma casa, o que é completamente falso. E o destino do chimpanzé após a novela também foi objeto de uma disputa que entre uma ONG e o parque do Beto Carreiro World. Existe na Rede Globo ou qualquer outra emissora um plano de aposentadoria para animais?

Parece que agora Walcyr vai inserir mais uma vez um animal na próxima novela das sete que estreia em março. Ele escreveu em seu Twitter: “Eu acho que vou botar mais um animal na novela! Um papagaio! E o que fará o papagaio? Surpresa!”

Que eu saiba é ilegal ter papagaios dentro de casa, a não ser que eles tenham sido criados em cativeiro. Ou seja, colocar um papagaio em novela é estimular a escravidão e exploração de animais. Lugar de papagaio é na floresta.

Walcyr, por favor, mude essa trama. Gostar de animais não quer dizer impor nossa presença a eles. Gostar de animais é desejar e respeitar seu bem-estar no habitat onde eles pertencem.

Quem tem Twitter pode escrever para o autor sugerindo que ele mude de ideia: http://twitter.com/?proxlet=welcome#!/WalcyrCarrasco


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA

MAUS-TRATOS

DEBILITADO

DECISÃO JUDICIAL

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>