Pato é coberto com óleo de dendê como oferenda


(Foto: Reprodução/Ego)

A foto de uma ave coberta de óleo é chocante, mas um pato amarelo na praia da Barra não. Quando um pássaro morre repleto de petróleo sobre si, a imagem tem força suficiente para resumir um desastre ambiental. Tomara estas fotos sirvam para alguma coisa.

(Foto: Reprodução/Ego)

O termômetro marcava 39º às 16h na Barra. O pato estava na sombra. O salva-vidas tentou colocá-lo na água, mas não conseguiu. As pessoas pararam para ver aquele pato amarelo, tão bonito, atravessar o píer e achar uma sombra sob os bancos do outro lado. Só que a coloração amarela não era natural. Alguém decidiu que o pato serviria de oferenda, e, para isso, mergulharam o pobrezinho no óleo de dendê. Resultado: ele ficou literalmente fritando na praia.

Fonte: Ego

Nota da Redação: A utilização de animais com fins religiosos é mais uma dentre as inúmeras formas de crueldade e abuso inventadas pelo ser humano. Embora a conscientização quanto à irracionalidade de se maltratar e sacrificar animais em nome da religião venha se disseminando, ainda vemos cenas absurdas como esta. Um animal inocente, vítima de uma selvageria, paga pela falta de sensatez, sob olhares risonhos e impiedosos. Que paz o ser humano procura ao continuar a inventar e praticar cada vez mais formas de violência contra os animais?


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>