Ativistas de direitos animais farão manifestações em Portugal


(da Redação)

A Associação Portuguesa dos Direitos dos Animais fará neste sábado (29), em quatro cidades portuguesas, a segunda manifestação contra o abate (assassinato) em canis municipais de animais e contra a designação de “eutanásia”, por não se tratarem de animais doentes terminais.

As cidades de Lisboa, Porto, Coimbra e Funchal acolhem a manifestação que busca sensibilizar as autoridades portuguesas para a questão. Paula Cruz, uma das cordenadoras do protesto, recordou que o tratado europeu classifica os animais como sencientes (capazes de sentir e sofrer) enquanto o código civil português os compara a “coisas”.

“Os veterinários estudaram para tratar e não para matar”, sublinhou Paula Cruz, defendendo a esterilização, a criminalização de maus tratos e a aplicação efetiva de multas a quem abandona os animais.

A organização do protesto, que será realizado a partir das11h em frente aos respectivos Paços de Concelho, foi feita através das redes sociais e emails enviados para todas as associações de defesa animal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>