Restaurante serve carne de leão como estratégia publicitária


Por Martin Matheny
Tradução por Natalie DeSouza  (da Redação)

Foto: Reprodução/Animals Change

Um restaurante no Arizona,EUA, está usando carne de leão para ganhar publicidade gratuita. Boca Tacos y Tequila está aceitando pré-encomendas para tacos feitos de carne de leão africano.

No ano passado, outro restaurante  do Arizona, Il Vinaio (não afiliado com o Boca Tacos y Tequila), apareceu nos jornais quando ofereceu hambúrgueres de leão no menu. Quando a notícia começou a crescer, mais de mil membros da comunidade AnimalsChange.org juntaram-se para convencer Il Vinaio a parar de servir leão, e os donos do Il Vinaio perceberam o erro.

Aparentemente Bryan Mazon, dono do Boca Tacos y Tequila, não aprendeu com os erros do Il Vinaio. Pior, ele não faz mistério sobre o fato disso ser um cruel golpe de publicidade, em conversa com o Arizona Daily Star, “Estou ‘fazendo’ leão africano para que meu nome apareça… Na realidade, o que quero é que as pessoas saibam que estou aqui. E esta é minha forma de fazer isto.”

E funcionou. Faça uma busca rápida no Google pelo nome de Boca Tacos y Tequila, e você verá que está em toda a internet. E obviamente, nem toda publicidade é boa publicidade, e com mais consumidores pensando sobre a comida que eles compram, ser um fornecedor de comida exótica absolutamente insustentável pode não ser a publicidade que Mazon deseja.

E ainda que a carne de leão que Bryan Mazon queira servir em tacos insustentáveis seja criada na América, e não sequestrada das planícies da África, essa prática, além de cruel, continua sendo insustentável.

Escrevendo sobre o restaurante do Arizona, Stephanie Feldstein aponta que outros restaurantes servem carne exótica feita de leão. Isto gera uma maior caça a uma população que está vulnerável na selva. É um problema local com ramificações globais.

Também é desumano – “fazendas” de leões na América não são locais apropriados para estas criaturas.

E novamente, para Bryan Mazon, não é algo como um experimento culinário esotérico (não que isto seja uma desculpa), é publicidade, é para fazer pessoas comprarem tacos para que Mazon possa ir para o banco.

Como mencionei acima, esta não é a primeira vez que vemos leão no menu. Quando Il Vinaio tentou, você respondeu, e Il Vinaio desistiu. Agora, você precisa se mexer novamente. Diga a Bryan Mazon para ser um dono de restaurante responsável e retirar leão do seu menu.

Nota da Redação: Todas as espécies de animais têm o direito à vida. Matar um leão para o consumo é tão abominável quanto matar porcos e explorar vacas para compor um cardápio cruel. Devemos defender o direito à vida de todos os seres sencientes – criticar a venda de carne de leão enquanto se consente o consumo da carne de porco ou de galinha ou de qualquer outra espécie, por exemplo, é pura hipocrisia.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EDUCAÇÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

COMPORTAMENTO

BENEFÍCIOS

CRUELDADE

SENCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>