Zoo de Teerã mata 14 leões apenas por suspeita de doença


Veterinários do jardim zoológico de Teerã mataram 14 leões que supostamente teriam sido  afetados por uma doença bacteriana comum em equinos, informou esta segunda-feira a publicação JameJam. A fonte não indicou quando ocorreu o sacrifício dos animais.

Um veterinário local apontou como provável causa da morte dos leões a má gestão do centro.

Endêmica na Ásia, África, Médio Oriente e América do Sul, a doença do mormo é comum em asnos, mulas, burros e cavalos.

Fonte: Diário Digital


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>