Produto da tortura e do sofrimento

Jennifer Lopez promove a crueldade da indústria de peles

Todos conhecemos como canta Jennifer Lopez, mas muitos desconhecem a crueldade escondida atrás de sua beleza. Investigadores da Suiss Animals Protection East/International fizeram uma denúncia em 2004 na província de...

187

23/12/2010 às 06:00
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Por Danielle Bohnen (da Redação)

Todos conhecemos como canta Jennifer Lopez, mas muitos desconhecem a crueldade escondida atrás de sua beleza

Investigadores da Suiss Animals Protection East/International fizeram uma denúncia em 2004 na província de Hebei, na China, onde encontraram muitos animais, incluindo cães e raposas, lutando por suas vidas desesperadamente enquanto são pendurados pelas patas e rabo para serem despelados vivos.

Quando os trabalhadores das fazendas de peles começam a cortar a pele do animal desde sua pata, eles ainda estão se movendo. Os trabalhadores cruéis golpeiam sua cabeça para que tenham um chamado “corte limpo”. A pele do animal é retirada a partir da cabeça, como se estivesse tirando uma blusa, seus corpos sangrando são jogados formando pilhas de centenas de animais vivos, ainda movendo-se de dor e morrendo lentamente. Muitos ficam vivos até 10 minutos depois de terem suas peles arrancadas.

Um dos vídeos da organização mostra um cão que ainda tinha forças suficientes para levantar a cabeça e olhar para a câmera, enquanto seu corpo sangrava em carne viva, com pelos apenas de seus cílios. Antes de serem despelados, os animais são retirados de suas jaulas e golpeados contra o chão. Alguns são esmagados com enormes marretas de metal, tendo seus ossos quebrados, provocando morte imediata. Os outros animais assistem desesperadamente esperando por sua vez.

Jennifer Lopez sabe que os animais são cruelmente assassinados para que suas peles sejam arrancadas, pois centenas de cartas e vídeos são enviados a ela todos os dias. J. Lo pode tentar convencer seus fãs que seus casacos de pele são indispensáveis, mas o que ela omite é que esses mesmos casacos são resultado de peles arrancadas de animais ainda vivos e conscientes.

Os animais utilizados para abastecerem as fazendas de peles sofrem muito antes de morrer. Mesmo assim, há anos Jennifer Lopez vem usando casacos feitos de todos os tipos de animais, que são golpeados até a morte ou são despelados vivos.

As pequenas chinchilas são mortas eletrificadas ou simplesmente tiram um pedaço de pele de seu pescoço para que lhes caia a pressão. São necessários 100 indivíduos para a confecção de um só casaco.

Como se não fosse suficiente vestir milhares de casacos feitos de sofrimento e agonia, Jennifer Lopez lançou uma grife, Sweetface, como se fosse angelical vÊ-la entre peles de raposas brancos e mink, deixando totalmente de lado a dor e agonia que sofreram os verdadeiros donos dessas peles.

Foto do catálogo da Sweetface by Jennifer Lopez. Coleção Outono 2009 http://jlofashionco.com/adslook-books

A China é o maior produtor de peles do mundo e sua provisão tem como maior destino os EUA. A maioria das pessoas é contra o uso de peles, porém apóiam pessoas como J. Lo que se veste dos pés a cabeça dessa forma e promove esse negócio de crueldade e dor.

Muitos estilistas, como Stella McCartney, Vivienne Westwood, Todd Oldham, Marc Bouwer e tantos outros já criam alternativas ecológicas e sintéticas na confecção de diversos tipos de trajes, que já estão disponíveis no mercado e não transforma os animais em vítimas da moda.

Para escrever para Jennifer Lopez sobre o assunto, o endereço é c/o BWR 9100 Wilshire Blvd., 6th Fl. W. Beverly Hills, CA 90212

As informação são do site Globedia.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.