Três espécies de anfíbios extintas foram recuperadas


O sapo Incilius holdridgei. (Foto: Reprodução)

Duas espécies de rãs (Isthmohyla tica e Craugastor fleischmanni) e uma de sapo que se julgavam já extintas foram localizadas na Costa Rica pelo Grupo de Conservação e Reprodução da Mesoamérica (CBSG). Os investigadores avançam que pode significar a recuperação de outros anfíbios em perigo, segundo anunciou hoje o Diário espanhol ABC.

Recorde-se que a Costa Rica é o local onde existe 4,5 por cento da biodiversidade do planeta, com a maior concentração de espécies. Os modelos animais foram encontrados próximo do vulcão Brava e Poás, nos bosques de Monteverde.

A CBSG corrobora também o reaparecimento de uma espécie endêmica da Costa Rica, o sapo Incilius holdridgei. Ao todo, foram encontrados 31 exemplares jovens e nove adultos, entre também plantas pequenas e samambaias.

Contudo, a equipa refere que a descoberta não se deve a melhorias na investigação, já que as espécies foram encontradas nos mesmos locais que têm sido visitados em estudo nos últimos 30 anos. Existem indícios de recuperação de povoações da rã de olhos vermelhos (Duellmanohyla uranochroa), da rã leopardo (Lithobates taylori) e da Lithobates vibicarius.

Todas estas espécies estão em perigo de extinção. Os anfíbios da Costa Rica estão ameaçados pelo aquecimento global e pelo Batrachochytrium dendrobatidi – responsável pelo desaparecimento de algumas espécies –, um fungo dulçaquícola que ataca a pele dos anfíbios, que é imprescindível para a sua homeostase hídrica e gasosa, e também para a sua defesa imunológica.

Fonte: Ciência Hoje


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SUSTENTABILIDADE

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>