Cães que foram abandonados em Mogi das Cruzes (SP) são adotados


As histórias de dois cães abandonados, contadas por O Diário, tiveram final feliz com a adoção dos animais. A cadela abandonada em Jundiapeba, no último dia 19, foi adotada pela aposentada Rosana Geraldo Olmo, que receava em acolhê-la, pois já criava outros cães. A ocorrência de abandono foi registrada ontem no 4º Distrito Policial de Braz Cubas e os antigos tutores poderão ser indiciados. O outro caso é o do cachorro atropelado e mesmo ferido, abandonado, no Mogilar, que também foi adotado ontem.

A cadela de Jundiapeba, a princípio chamada de Menina, está atendendo pelo nome de Mel. “Cinco pessoas quiseram adotá-la, mas eu me apeguei a ela. Então, acabei adotando”, conta Rosana.

Na data do abandono, na porta da vizinha, a professora de ginástica Cláudia Ikeda, Rosana deixou o animal no banheiro do salão que aluga para um cabeleireiro. Em seguida, a cadela foi transferida para um terreno. Nesta semana, contudo, Rosana resolveu adotá-la, levando-a para sua casa, onde já vivem outros cinco cães, também recolhidos da rua.

Após ler reportagem anteontem, José Roberto de Almeida, delegado de proteção animal da União Internacional Protetora dos Animais (Uipa) – Alto Tietê, procurou Rosana e registrou boletim de ocorrência contra o casal que deixou a cadela na rua. “Ela havia anotado a placa e as características do veículo”, explica. Segundo Rosana, o carro é um Stilo amarelo, de placas DRO-5636.

“O casal será processado, podendo ser indiciado por maus-tratos e abandono”, acrescenta Almeida. A partir do número da placa, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) trabalha na identificação do casal, que será intimado pela Polícia.

Já no caso do cão ferido e abandonado na Avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes, no Mogilar, o delegado diz que a Uipa já acompanhava a situação. Ele foi para a casa de uma protetora da Uipa e, ontem, o proprietário de um sítio de Cocuera, que também havia lido a matéria, o adotou.

“É muito importante que as pessoas liguem e denunciem estes crimes. Todas as denúncias são anônimas, para garantir a fidelidade do denunciante”, garante. O telefone da Uipa – Alto Tietê é 3427-6162.

Fonte: O Diário


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>