Americano acusado de ‘marinar’ seu gato para cozinhá-lo se apresenta no tribunal


(Foto: Reprodução)

Um americano de 52 anos esteve ontem presente a um tribunal de Buffalo, acusado de crueldade contra animais, depois de ter tentado marinar o seu gato para comê-lo, conforme noticiado pela Anda. A polícia descobriu o animal na bagageira do carro conduzido por Gary Korkuc, natural de Cheekowaga, Nova York, quando o mandou parar no âmbito de uma operação de fiscalização de trânsito, em agosto, recordou o porta-voz da polícia de Buffalo, Michael DeGeorge. Os agentes ouviram miar e foram ver do que se tratava, quando descobriram Navarro, de quatro anos, numa espécie de marinada.

Na época, Gary Korkuc, apenas identificado, voou para Maryland, mas na quinta-feira voltou a Buffalo. Quando foi descoberto, o gato estava numa espécie de marinada, com óleo, pimenta moída, chili em pó, sal e outros ingredientes, tendo Korkuc explicado à polícia que iria cozinhar Navarro para castigá-lo, porque o gato era mau para ele. Um vizinhou contou que Korkuc decidiu livrar-se do gato porque ele desarrumou o apartamento onde ambos viviam.

O gato, um macho, sobreviveu. Foram necessários vários banhos para que o animal ficasse realmente limpo, adiantou Gina Browning, porta-voz da sociedade de protecção de animais de Erie County. O gato foi adotado pouco depois do incidente.

Korku esteve ontem presente no tribunal, acusado de felonia agravada e diversos crimes de trânsito. Na quarta-feira se apresentará novamente à justiça, tendo ficado agora detido numa prisão local.

Com informações de Os Bichos


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>