Utilização de elefantes para passeios de montaria pode estar com os dias contados, na Índia


Por Giovanna Chinellato  (da Redação)

Os passeios montados em elefantes, há muito tempo apresentados como “atração” turística de Amber Fort, estão para acabar muito em breve. Existem cerca de 100 elefantes na região, forçados a levar pessoas a pontos altos de vista panorâmica.

Elefantes são covardemente explorados (Foto: s/c)

O elefante foi considerado animal nativo da Índia pelo Ministério de Floresta e Meio Ambiente. Enquanto elefantes selvagens continuam sob o Artigo Primeiro do Ato de Proteção à Vida Selvagem, de 1972, elefantes aprisionados contam também com o Ato de Prevenção à Crueldade com Animais.

Para protegê-los de qualquer tipo de abuso, uma força-tarefa enviou uma proposta ao Ministério de Floresta e Meio Ambiente, que acatou a ideia de que as montarias em elefante de Amber Fort devem acabar. O Rajasthan Forest Department logo dará seguimento às instruções, mas, por enquanto, os oficiais procedem apenas registrando os animais.

Mesmo com leis de bem-estar, os animais continuam em situações precárias, são espancados e maltratados por seus tratadores para que trabalhem mais. Além do incomensurável sofrimento causado aos animais, isso também provocou problemas turísticos no passado, quando um visitante se feriu. Em outro incidente, uma elefante fêmea fugiu para as colinas de mata ao redor de Amber Fort e acabou morrendo sob tentativas da polícia de levá-la de volta.

As informações são do site Rang 7.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO SOCIAL

PRECAUÇÃO

ÍNDIA

ESTUDO

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>