Tutora registra BO contra vereador que atirou em cachorro


O responsável pela delegacia de polícia de Morro da Fumaça (SC), Gilberto Luiz de Souza, está investigando uma denúncia de crueldade contra animais que teria sido cometida por um vereador da cidade. Um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na sexta-feira (3) contra o homem, que é acusado de efetuar vários tiros contra o cachorro de uma vizinha. O crime aconteceu no distrito de Estação Cocal.

Conforme a mulher, M.G.S., 49, o vereador teria atirado no animal porque a cadela dele no cio teria atraído vários outros cachorros ao pátio da casa dele. “O animal está realmente bem machucado”, afirma Souza.

Amanhã, a tutora do animal ferido será intimada a comparecer na delegacia para novos depoimentos. O vereador também será chamado para esclarecer os fatos. Se for confirmada a acusação, e o vereador pode ser condenado pelo crime de crueldade contra animais. A pena nestes casos varia de três meses a um ano de detenção, além de multa estipulada pelo juiz.

Antes da sessão de hoje à noite, na Câmara de Vereadores, o acusado negou o envolvimento no caso. “Isso não procede. É a minha palavra contra a deles. Eu nunca faria isso, até porque tenho cachorros em casa”, explicou.

Fonte: Portal Clica Tribuna


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>