Construção de mini-hídrica em rio de Coimbra ameaça peixes


Rio Mondego, em Coimbra (Foto: Reprodução)

A construção de uma barragem mini-hídrica a montante do Açude-Ponte, no rio Mondego, ameaça anular os resultados da escada para passagem de peixes migradores, uma obra adjudicada este ano e que vai custar 3,5 milhões de euros.

O alerta partiu da Liga para a Protecção da Natureza (LPN), que em comunicado exige a anulação do concurso público para construção da barragem, lançado em outubro pela Administração da Região Hidrográfica do Centro.

“A LPN acredita que esta iniciativa possa ter resultado de alguma falha de comunicação entre as várias entidades do Ministério do Ambiente”, refere o documento.

A escada visa garantir o acesso de espécies como a lampreia-marinha, sável e savelha às suas áreas de reprodução.

Fonte: Correio da Manhã


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA

MAUS-TRATOS

DEBILITADO

DECISÃO JUDICIAL

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>