China inicia reconstrução de reserva natural de pandas destruída em terremoto


A reconstrução da Reserva Natural de Wolong da China, a maior base de criação do panda gigante que foi atingida pelo grande terremoto de 2008, deve ser iniciada antes do final do ano, informou uma fonte.

O projeto, que está programado para ser concluído no final de 2012, “melhorará muito a qualidade de vida e o ambiente para os pandas cativos e selvagens”, disse Zhang Hemin, chefe da administração da reserva estatal na Província de Sichuan, no sudoeste do país.

Segundo a agenda, a nova reserva incluirá 65 instalações, entre elas um centro de proteção e pesquisa de pandas, um centro de controle de doenças, um centro para preservação da vegetação natural e estações móveis de vigilância, “que terão um papel importante no restabelecimento da população do animal”, afirmou.

O projeto vai prevenir que os pandas, que vivem em área montanhosa cuja altitude é de dois mil metros, sejam incomodados pelo homem, acrescentou o funcionário.

O terremoto de 2008 causou a morte de um panda e o desaparecimento de outro na Reserva de Wolong, a 10 quilômetros do epicentro.

A reserva entrou em operação em 1963 e tinha 143 pandas gigantes selvagens em censo de 2000, respondendo por 10% da população total do animal na China. Além desses, 128 pandas estiveram em cativeiro no local, que respondem a 60% do número mundial.

Fonte: CRI


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>