Diarreia canina: saiba o que fazer


Fezes moles podem ter muitas causas, algumas mais graves do que outras.  Abaixo, seis causas para o aparecimento de diarreia em cães:

1 – Ingestão de comidas estragadas ou comidas que ele não estava acostumado a comer

2 – Mudança brusca de ração. A troca deve ser feita gradativamente

3 – Vermes e protozoários. Isso também pode ser prevenido usando um vermífugo eficaz

4 – Estresse e ansiedade

5 – Reação alérgica

6 – Infecção virótica

O que fazer em caso de desarranjo intestinal?

Se ele está debilitado, deprimido e não está interessado no que está acontecendo ao seu redor, você precisa levá-lo ao veterinário.  Se ele tem uma doença grave como o parvovírus, vai responder melhor ao tratamento durante os primeiros estágios da infecção. Se houver sangue na diarreia, ele precisará de atenção veterinária.

Muitos cães desenvolvem a diarreia e não ficam apáticos.  Se for esse o caso do seu cão, tão logo você começará a ver suas fezes começarem a se firmar.  Uma boa ideia é pular a próxima refeição para dar tempo para seu intestino se estabelecer e, posteriormente,  introduzir os alimentos, dando-lhe 3 ou 4 pequenas refeições  ao longo do dia.  Se, a diarreia persistir por mais de um dia ou se ele adoecer, é hora de chamar o seu veterinário.

Fonte: Portal da Cinofilia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>