Ativistas fazem apelo pacífico contra a venda de peles de animais


Por Giovanna Chinellato (da Redação)

Foto: Peta

Ativistas da PETA fizeram recentemente um ato pacífico em frente à Coach, empresa de moda especializada em artigos de luxo, após a companhia ter declarado que continuará vendendo produtos com pele de animais.

Para causar impacto e conscientizar sobre a crueldade praticada contra os animais, os manifestates exibiram falsas carcaças ensanguentadas e cartazes de protesto. Embora as carcaças  e o sangue fossem falsos, a intenção era bem real: persuadir os empresários da Coach e pararem de vender peles.

Como a PETA sabia que tinha poucos minutos para passar a mensagem, eles apresentaram as carcaças rapidamente com o lembrete de que os animais mortos por suas peles frequentemente são eletrocutados com bastões que são forçados em orifícios de seus corpos, ou têm seus pescoços e pernas esmagados em armadilhas cruéis, ou simplesmente têm suas peles arrancadas enquanto ainda estão vivos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>