Americano é preso após ser flagrado ‘acariciando’ órgão genital de égua


Cara de pau: Marian Wegiel disse que estava tentando acalmar o animal. (Foto: Reprodução)

O norte-americano Marian Wegiel, de 63 anos, foi preso em Shelton, no estado do Connecticut (EUA), após ser flagrado “acariciando” o órgão genital de uma égua. O homem alegou que estava apenas tentando “consolá-la”, segundo reportagem da emissora de TV “NBC”.

A polícia recebeu uma denúncia por volta das 18h15 da última segunda-feira de que um homem estava tocando o órgão genital da égua por cerca de 10 minutos.

Ao ser interrogado pelos policiais, Wegiel disse que estava simplesmente tentando acalmar a égua, porque ela parecia assustada. Mas ele admitiu que pode ter escorregado acidentalmente os dedos na genitália do animal.

De acordo com a polícia, embora houvesse três cavalos no curral, apenas a égua teria sido tocada.

Wegiel foi libertado após pagar uma fiança de US$ 500 e deve comparecer em uma audiência no tribunal no dia 1º de novembro.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>