Palavra nenhuma


Vou lá tomar conselhos com o sabiá, que canta tão bonito; com a andorinha, que brinca de voar, enquanto faz seus giros pelo ar. Vou escutar o que diz a figueira centenária, sobrevivente viril em um mundo vasto de concreto e insensibilidade. Vou lá ver o vento varrer as nuvens, enquanto deixa o céu brilhando de sol e luz. Vou regar as flores. Vou tratar das plantas. Vou ficar em silêncio, fazendo minha fotossíntese de energia, enquanto aprendo com a natureza a ser mais paciente, a confiar mais em mim e na Lei justa e infalível que rege tudo o que há em nossa volta.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>