Animais desaparecidos: saiba como agir


Foto: Reprodução/Portal Imirante

Para muitos, eles são como filhos. Quem é tutor de animais sabe que cuidar é preciso desde o primeiro momento e, tal como as crianças, é bom ficar de olhos nos movimentos do seu bichinho para evitar que, na menor distração, seu companheiro se perca por aí.

É sempre algo que preferimos não pensar, achamos que não vai acontecer com a gente, mas caso ocorra um caso de desaparecimento, você tem que saber como agir. Abaixo, dicas que podem ajudá-lo a recuperar o seu animal perdido:

1. Quanto mais rápido você agir maior a probabilidade de encontrá-lo;

2. A primeira providência é procurar perto de casa. Se houver mais de uma pessoa na família, dividam a área, assim ganharão um tempo precioso;

3. Pergunte para as pessoas da rua. Procure o cão não apenas com os olhos, mas, principalmente, usem a voz chamando-o pelo nome ou pelo apelido carinhoso;

4. Do lado de fora da casa, deixe roupas com seu cheiro e brinquedos dele. Se seu cão estiver perdido, será mais fácil para ele seguir o cheiro e achar o caminho de volta;

5. Espalhe cartazes com a foto e as características do animal em locais de grande fluxo de pessoas como padarias, supermercados, clínicas veterinárias, pet shops, entre outros. Você pode fazer em casa mesmo, em papel comum em impressora doméstica.Se ele é portador de alguma doença crônica ou necessita medicação específica ressalte isto no cartaz. Descreva o local da fuga e, por segurança, não dê o endereço exato, mas, por exemplo, entre as ruas X e Y e coloque um telefone celular para contato ou e-mail;

6. Faixas também costumam dar um bom resultado, mas não são permitidas em locais públicos de São Paulo.Porém, podem ser colocadas em residências.

7. Faça um anúncio no jornal local do seu bairro. Geralmente, estes jornais têm um número grande de leitores, o que aumenta as chances de encontrar seu animal.

8. Há entidades de proteção e defesa animal que organizam Feiras de Adoção. Alguns animais colocados para adoção foram encontrados perdidos. Entre em contato com estas entidades através da internet.

9. Vá ao Centro de Controle de Zoonoses, pois o animal pode ter sido recolhido por um veículo de controle animal. Mesmo que o cão não esteja lá, comunique as características do animal e deixe um telefone para contato e volte lá em outros dias.

10. Anuncie nas comunidades da internet, como facebook, orkut, twitter. As comunidades sobre cães, doação, adoção e achados e perdidos são excelentes lugares. Para ter mais chances de sucesso, mantenha seu tópico no topo da comunidade escrevendo uma nova frase nele todo dia.

11. Não desista. Seu animal sente sua falta tanto quanto você dele e deve estar muito assustado.

Fonte: Portal Imirante


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>