Duzentas novas espécies são descobertas em Papua Nova Guiné


Anteriormente já visto, mas nunca descrito, este morcego se alimenta de frutas e é natural de Papua. Não possui nome ainda, mas já foi encontrado em outras regiões do país além das montanhas Nakanai. (Foto: Conservation International/Divulgação)

Cientistas da Conservação Internacional descobriram 200 novas espécies de animais e plantas na Papua Nova Guiné, incluindo aranhas, sapos, insetos e mamíferos. As informações são do site da Discovery News.

As pesquisas foram encerradas em 2009, nas montanhas Nakanai da ilha da Nova Britânia, no país oceânico. Esta região foi indicada a se tornar patrimônio da humanidade, e as descobertas das espécies devem se tornar mais um elemento nos esforços para que a nominação seja oficializada. A região é acessível apenas após um voo de avião de pequeno porte, outro de helicóptero e mais um trajeto a pé.

Todas as espécies foram encontradas nas montanhas Nakanai, na Papua. Este sapo, do gênero Platymantis, vive apenas em regiões de grande altitude nas florestas tropicais das montanhas. (Foto: Conservation International/Divulgação)

Algumas das espécies foram consideradas espetaculares pelos cientistas, como um gafanhoto de olhos rosa, um dos 20 tipos de gafanhoto descobertos. Estas 20 espécies foram descobertas após análise de apenas 42 exemplares de gafanhotos, o que mostra a diversidade.

Segundo os cientistas, há diversas outras áreas da Papua Nova Guiné que seguem inexploradas, pois não há como acessá-las.

(Foto: AP Photo / Piotr Nasrecki / Conservation International)

Fonte: Terra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>