Respeitar os animais é um dever de todos



Foto: O Povo Online

Seres humanos, precisamos, urgentemente, avaliar como estamos tratando as várias formas de vida que existem nesse planeta. Hoje é um ótimo dia para refletirmos sobre esse tema que, ainda, é ignorado por muitos: “Respeito aos animais”. Chega de usar o argumento antropocêntrico de que o ser humano é superior às outras espécies animais. Precisamos entender que a vida deve ser cuidada em sua totalidade e não de forma isolada.

Sabemos que o pensamento antropocêntrico unido ao fato de que as pessoas se acostumaram a praticar o mal contra os animais, são alguns dos fatores que têm levado o bicho-homem a cometer diversos crimes contra a vida, de maneira que diversos atos de crueldade contra esses seres inocentes acabaram sendo banalizados por toda a sociedade: chutes, pedradas, chicotadas, pauladas, são algumas das formas como os “humanos” têm tratado os animais ao longo dos anos.

Crimes contra a vida que deveriam despertar repudio nas pessoas, mas ao contrário, tais atos de violência são presenciados todos os dias por muitas pessoas, em qualquer parte do mundo, mas o mundo aprendeu a fechar os olhos para a dor dos animais, e a se calar diante da maldade humana. Como se não bastasse, a humanidade criou para sua “diversão”, festas, que por sinal não passam de meras demonstrações do quanto doentio pode chegar a ser o comportamento humano, tais como: a tradicional vaquejada do povo nordestino, os rodeios que ocorrem tanto nos Estados Unidos, como no Brasil, as touradas do povo hispânico, a farra do boi que acontece no sul do Brasil, rinhas de galos, canários, pitbulls e etc., todos, verdadeiros espetáculos de puro sadismo. Não podemos esquecer aqueles cuja liberdade foi retirada, fruto do egoísmo humano, pobrezinhos, estão condenados a passar o resto de suas vidas trancados em gaiolas, quando sabemos que O Criador lhes deu asas para serem livres e poderem explorar o imenso mundo que Ele fez.

Outros, ainda, estão condenados a sobreviverem presos a coleiras e correntes, muitas vezes sem água e comida por perto. Cães e gatos de raça são tratados como mercadoria e vendidos em lojas, e até mesmo em lugares públicos como praças e avenidas, e, enquanto isso, milhares de animais estão vagando abandonados pelas ruas das cidades quando deveriam ser adotados, muitos deles nem são portadores de doenças transmissíveis ao homem, mas, por conta da vaidade de muitos, acabam morrendo atropelados, ou envenenados, ou de alguma outra forma por pessoas cruéis. Tanta estupidez no mundo, e justamente, por parte da espécie que se auto-intitula “superior”.

Quanta contradição! As barbaridades contra os animais não acabam por aqui. Quero convidar você leitor a não se calar diante dos maus tratos que venha a presenciar, denuncie à Polícia. Não compactue com o que é mal. O nosso tão sonhado mundo de paz depende do nosso respeito à vida. A todos os protetores dos animais, estou enviando um forte abraço.

Saibam que eu peço a Deus que renovem nossas forças todos os dias para que juntos possamos continuar nossa difícil, mas gratificante luta em favor dos que não podem falar. “Respeitar os animais é um dever de todos. Amá-los é privilégio de poucos.”

Fonte: O Povo Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>