Cães expostos a sol e chuva são resgatados pelo CCZ em Campo Grande (MS)


Foram resgatados hoje de manhã os dois cães que faziam a guarda de uma lanchonete na avenida Afonso Pena e que eram mantidos sob sol e chuva.

O tutor havia sido notificado de que estava cometendo abuso e maus-tratos contra os animais e recebeu prazo para mudar a situação. O delegado Fernando Villa de Paula, titular da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) informou que os cachorros foram levados para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) e, para ter a tutela de volta, o tutor terá de provar que oferecerá condições dignas aos animais.

O delegado informou que, mesmo que construa um canil e passe a abrigar os cães de forma adequada, o tutor não se livrará do processo na justiça por maus-tratos contra os animais.

Higiene

Segundo o delegado, o CCZ também vai fazer um relatório das condições de higiene da lanchonete, que poderá sofrer sanções da Vigilância Sanitária por causa da presença dos cães tão próximo do local onde eram confeccionadas e servidas as refeições.

Durante o expediente, os cães ficavam presos nos fundos da lanchonete e, quando fechava, um deles era amarrado a um poste, para fazer a guarda do local.

A denúncia à Polícia Civil foi feita pela organização Abrigo dos Bichos.

Fonte: Aquidauana News


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>