Cavalo é resgatado após ficar 15 dias preso em mina no Chile


Não foram apenas os 33 trabalhadores que ficaram presos por vários dias em uma mina no norte do Chile. Um cavalo permaneceu por 16 dias isolado em outro veio de mineração, também em Copiapó. Ontem, foi finalmente libertado.

O animal, chamado de “Palhacinho”, recebeu o apelido de “34º mineiro”, em alusão aos trabalhadores presos na mina San Juan.

“Palhacinho” ficou desaparecido por três dias, até ser encontrado pelo seu tutor. O animal se perdeu ao deixar o Acampamento Esperanza, onde estão as famílias dos 33 trabalhadores. O cavalo caiu no buraco de outra mina e ficou preso a 25 metros de profundidade.

O tutor pediu ajuda, mas só conseguiu resgatar o animal depois de 13 dias. O cavalo sofreu apenas alguns arranhões e já voltou para o acampamento.

Fonte: Band


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO

CHINA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>