Má higiene bucal pode causar até problemas renais em cães e gatos


Imagine passar uma semana sem escovar os dentes. Além da sensação de sujeira, com o passar do tempo, a falta de cuidados pode trazer inúmeras doenças. Com os animais, não é diferente. Problemas de placa bacteriana, tártaro e até o agravamento de doenças renais e cardíacas são consequências da má higiene bucal em cães e gatos.

O cachorro Poodle Tiquinho, de 4 anos, faz higiene bucal periodicamente (Crédito: Valério Ayres/Esp. CB/D.A Press. Brasil)

O veterinário Daniel Ferro, sócio-fundador da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária, explica que os problemas começam com o acúmulo de placa bacteriana e a posterior formação de tártaro nos dentes. Nessa fase, os sintomas são percebidos devido ao mau cheiro da boca do animal. “Muita gente acha normal o bichinho apresentar mau hálito, o que é um erro. O bafo acontece pela falta de higiene e é o primeiro indício para detectar o problema em casa,” adverte.

Doenças periodontais podem causar inflamações nas gengivas, retrações e até a perda dos dentes. Segundo o veterinário, a única maneira de prevenir o problema é fazer a escovação diariamente. “A placa bacteriana dos animais é igualzinha à do ser humano, se desenvolve em 24h. Por isso, é importante escovar os dentes dos bichos pelo menos uma vez por dia,” revela.

Animais com problemas bucais mais avançados apresentam dor ao mastigar, depressão e perda de peso. “Às vezes, os bichos ficam retraídos e o dono não percebe, pode ser que ele esteja com dor de dente. As doenças da boca são silenciosas, os animais passam anos sem que o tutor perceba a infecção”, pontua Daniel.

A funcionária pública Danielle Rodrigues demorou a perceber o problema. Sua gatinha, Sissy, de 5 anos, teve que arrancar todos os molares e pré-molares. “Eu percebi que ela estava perdendo o apetite gradativamente. Além disso, estava com o hálito muito forte. Corri para o veterinário, mas não teve jeito. Já estava tudo comprometido. Hoje, ela só tem os caninos e os dentinhos da frente”, resigna-se.

Sissy passou um tempo comendo apenas ração pastosa e tomando medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos. Hoje, ela é uma gatinha saudável e come de tudo, mas infelizmente não aceita que escovem seus dentes. “Não consegui estabelecer uma rotina de escovação. Ela não aceita. O que me resta é ficar atenta, caso a gengiva apresente coloração mais avermelhada que o normal, eu a levo imediatamente ao veterinário e ele toma as providências necessárias.”

Além da perda dos dentes, as doenças periodontais, muitas vezes, podem complicar outros problemas de saúde. Isso ocorre porque as bactérias presentes na boca atingem a corrente sanguínea e contaminam outros órgãos. “As bactérias gostam de qualquer lugar do corpo que esteja inflamado, elas tendem a aderir naquela região.

Há animais que têm insuficiência cardíaca e o veterinário não consegue tratar de forma adequada porque a boca do animal está infeccionada,” alerta.

O veterinário Luís Gustavo Silveira explica que o pH da boca dos animais é diferente dos seres humanos. Por isso, cães e gatos não desenvolvem cáries. “O creme dental dos bichos não precisa de flúor, só de enzimas que tratam dos problemas periodônticos. O flúor e o sabão presentes nas pastas comuns causam intoxicações, já que os bichos não cospem após a escovação.”

Hábito diário

O poodle Tiquinho, de 4 anos, já sofreu pela falta de higienização. A tutora, Emília da Silva, conta que resolveu levá-lo ao veterinário porque ele estava sem apetite e tinha perdido peso. “Tiquinho estava sem comer, mastigava devagar, devia estar sofrendo com a inflamação. Quando o veterinário pediu para olhar a boquinha dele, viu que estava toda infeccionada. Ele teve que arrancar dois dentinhos.” Hoje, após as refeições, Emília escova os dentes de Tiquinho e oferece um biscoito que ajuda a prevenir o tártaro devido ao atrito, que auxilia na limpeza dos dentes.

O veterinário Marcelo Roza afirma que 75% dos cães com mais de três anos têm doenças periodontais. Segundo ele, a única forma de tratar do problema é a escovação diária. “Objetos de couro ou borracha têm efeitos positivos; Com eles, a placa bacteriana demora mais para se formar, mas nada disso substitui a escovação”, adverte.

Hora da escovação

– O ideal é que eles se acostumem com a limpeza desde filhotes, portanto é importante construir esse hábito o quanto antes.
– Não demonstre irritação durante o processo de escovação, do contrário eles podem associar o momento a um castigo.
– Não deixe que os cães mordam a escova. Brincadeiras são bem-vindas, mas é importante que ele entenda que nessa hora não pode morder.
– Gatos normalmente têm mais resistência à escovação. Faça, aos poucos, até conquistar a confiança do bichano.

Fonte: Correio Braziliense


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?

DESPEDIDA

RETROCESSO

FINAL FELIZ

CRIMES

ENCALHE

LIVRE DE PRECONCEITOS

CRIME

POLUIÇÃO

EXPLORAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>