Animal de espécie desaparecida após 10 anos morre no sul da Ásia


Um animal conhecido como saola, encontrado e fotografado em agosto de 2010 em uma província do Laos, no sudeste asiático, foi anunciado como morto pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) nesta quinta-feira (16).

Foto: REUTERS/Bolikhamxay Provincial Conservation Unit/IUCN/Handout

Visto na província de Bolikhamxay, o macho faleceu antes que uma equipe da  IUCN pudesse alcançar a área, localizada no centro do país. O saola foi mantido em cativeiro por moradores do local.

A espécie Pseudoryx nghetinhensis tem sido associada com unicórnios, mesmo possuindo dois chifres. Típica do sul da Ásia, os saolas não eram vistos há mais de 10 anos e são considerados um dos animais mais raros do mundo.

O governo local afirmou que a perda do animal é um azar, mas que o registro prova que outros da mesma espécie podem habitar a região. Esforços para procurar por novos saolas serão intensificados, segundo as autoridades da província.

Com informações do G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO

"AQUECIDOS"


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>