Sete pessoas são presas por tráfico de aves silvestres em Caruaru (PE)


(Foto: Ibama/Divulgação)

A polícia deteve na manhã deste domingo (12), em Caruaru, agreste de Pernambuco, sete pessoas, entre elas dois menores, acusadas de tráfico de aves silvestres. Os animais estavam sendo comercializados na feira livre do bairro Boa Vista II.

Com os acusados, foram encontrados 32 pássaros das espécies galo-de-campina, sabiá, azulão, bigode, canário-da-terra, salta-caminho, contriz, papa-capim e patativa. Segundo a polícia, as aves seriam vendidas na feira pelo valor de R$ 500.

Foram presos José Alberes de Brito, Cícero Luiz de Assunção, José Tecílio da Silva, Antônio Carlos de Carvalho Melo e José Lourinaldo de Oliveira e ainda dois menores de idades não informadas. Todos foram levados para a primeira delegacia de Caruaru, onde foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

Os maiores irão pagar multa ao Ibama e devem responder em liberdade por crime contra o meio ambiente. Os dois menores também foram liberados em seguida. As aves foram soltas em uma área da zona rural de Caruaru.

Fonte: JC Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HABITATS DESTRUÍDOS

TRISTEZA

AVANÇO

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>