Siriema encontrada em Itabirito (MG) terá pata amputada


Ave terá a pata direita amputada (Foto: Uai)

A irresponsabilidade de traficantes de animais condenou nesta terça-feira uma siriema que foi vítima de violência no momento da captura. A ave teve o fêmur fraturado e foi encontrada perdida no Bairro Acareú, em Itabirito, região central de Minas. O animal foi recolhido pela Polícia Militar do Meio Ambiente, depois do chamado de um morador. A siriema está sob os cuidados do veterinário Fernando Pinto Pinheiro, na Clínica Eldorado.

Segundo o veterinário, a pata direita da siriema será amputada porque o animal perdeu a sensibilidade no membro depois da fratura. “A atitude irresponsável e contra a lei machucou mais um bicho”, disse Fernando Pinto. O profissional alerta para o crime de tráfico de animais, que é recorrente. “A Polícia do Meio Ambiente é treinada para inibir o tráfico. Se um militar ouvir o som de animais silvestres na casa de alguém, a pessoa será autuada por crime ambiental”, afirma o veterinário.

A ave foi tratada com antibióticos. Fernando Pinto vai encaminhar o animal ao Ibama nesta quarta-feira quando a siriema deverá passar por cirurgia. Junto com a ave também serão levadas uma coruja, que está em tratamento desde sábado, e um gavião, recolhido na segunda. Ainda de acordo como veterinário, o saldo do feriadão é positivo porque, mesmo maltratados, os animais recolhidos nestes quatro dias passam bem e vão se recuperar na medida do possível.

Fonte: Uai


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>