Vítima do desprezo e do desamor

Cãozinho rejeitado por família precisa de um lar amoroso, em SP

A história do Bud é a seguinte: o Bud foi resgatado das ruas quase morto e acabou parando na Cobasi, em SP, para adoção. Um conhecido meu queria um cachorro...

33

13/08/2010 às 17:20
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nerah
[email protected]

A história do Bud é a seguinte: ele foi resgatado das ruas quase morto e acabou parando na Cobasi, em SP, para adoção. Um conhecido meu queria um cachorro para o filho, levei ele na Cobasi. Adotamos o Bud, pagamos uma taxa de R$ 50,00 só que lá ninguém disse nada sobre o problema de pele dele.

Resumo: hoje ele continua na casa dessa pessoa, e o filho dele odeia o cachorro porque ele “fede e tem sarna” – é o que o menino diz. O pai se arrependeu, ele já pediu várias vezes para eu tirar o cachorro de lá. O Bud não recebe o mínimo carinho, eles nem chegam perto dele, quando vou lá ele sorri para mim. Já levei ele no veterinário duas vezes, mas quando dou os medicamentos ele até melhora mas depois volta tudo de novo. É difícil pra mim porque não moro lá, o banho com shampoo para seborreia é a cada dois dias  e não dá para ir sempre lá.

O Bud com um pouco de carinho e tratamento tenho certeza que ele ficará bom.

Quero muito arrumar uma casa com alguém que não tenha “nojo” e desprezo por ele. Ele é muito meigo. Como já sofreu muito nas ruas, ele realmente quer ser amado, o problema é que ele tem desespero de lugar fechado e de gaiola, então ele começa a babar e fica desesperado.

Se vocês tiverem um lugar que ofereça um pouco de conforto e alguém que pelo menos passe a mão na cabecinha dele uma vez por dia, isso vai deixá-lo muito feliz.

Nas fotos, o pelo está comprido, é nas perninhas que fica pior, porque ele coça aí de fez em quando saem feridas.

Contato com:

Nerah
[email protected]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.